Connect with us

Poder

“STF não é oposição ao governo”, garante Gilmar Mendes

O ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Gilmar Mendes, afirmou que “o STF não é oposição ao governo”. A declaração foi feita por ele na segunda-feira (14) em conversas com jornalistas, após participar de evento na Associação Comercial do Rio de Janeiro (ACRJ).

Gilmar foi questionado sobre frequentes embates, entre STF e governo, sobre a condução das próximas eleições, especialmente em relação às urnas eletrônicas.

Para o ministro do STF, “situações de conflito são maximizadas e dão asas a lendas urbanas de conflito”.

De acordo com Gilmar Mendes, a “judicialização da política vem dos políticos”, ao explicar que são os próprios partidos os autores de grande parte dos processos que chegam ao STF contra decisões que afetam este campo.

Outro aspecto mencionado pelo ministro do STF foi a participação das Forças Armadas no próximo pleito eleitoral. “As Forças Armadas sempre ajudaram nas eleições, com o transporte de urnas eletrônicas” exemplificou Gilmar.

O grande embate este ano, contudo, é em relação ao papel fiscalizador que as Forças Armadas terão pela primeira vez neste pleito.

O ministro do STF disse que o problema central do processo eleitoral brasileiro não é o das urnas eletrônicas, nem o voto eletrônico, e sim a liberdade de voto.

Ele comentou que, em determinadas localidades, o eleitor tem seu direito de voto cerceado em situações como as que ocorrem em locais dominados pelo crime organizado, especialmente tráfico de drogas e milícias.

Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012