Connect with us

Amazonas

Casal Sebben: falência de empresas de RH e imóveis ajuizados geram processos na Justiça estadual e federal

O ex-casal amazonense que dominava o mercado de recursos humanos há mais de dez anos, está cheio de processos de dívidas trabalhistas e fiscais. Jaime e Kátia Sebben eram considerados a “high society” no estado.

Atualmente, Jaime não possui redes sociais e não participa mais de festas promovidas pela alta sociedade amazonense. Kátia, que ainda utiliza o sobrenome de casada, ainda aparece nas colunas sociais.

Os dois conseguiram grande prestígio com as empresas Época Recursos Humanos, Ética Recursos Humanos Ltda e Talento Serviços Estratégicos. Talvez por estratégia, uma das empresas está localizada dentro do condomínio residencial Ephygenio Salles, na zona centro-sul, onde também é a residência de Jaime, impossibilitando que os oficiais de Justiça entrem no local. Outra, está na avenida Leonardo Malcher, no Centro de Manaus.

Jaime e Karen, colecionam processos e mesmo após decretarem falência da primeira empresa de RH, abriram outras do mesmo ramo e repetiram a prática, que foi identificada por compradores e Receita Federal.

Muitos funcionários foram prejudicados diretamente por não terem recebido seus pagamentos. Além deles, o casal que possuía imóveis empenhados e em fase de execução, venderam os mesmos para terceiros, prejudicando os compradores que não conseguiram transferir a propriedade por diversos problemas judiciais.

Os compradores dos imóveis de Karen e Jaime, entraram na Justiça com ação processual que está em fase adiantada. Em depoimento, o casal Sebben declarou não ter dinheiro para ressarcir os compradores.

Uma pesquisa realizada pelo O Poder, mostra a extensa lista de ações que o casal enfrenta na Justiça, como é possível ver nessa tabela. São aproximadamente quase 4 milhões de processos em fase de execução.

Leia mais em: O Poder

Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012