Connect with us

Polícia

Família diz que adolescente que matou o pai em Manaus é um ‘filho problemático’

A família do adolescente de 16 anos que assassinou o próprio o pai a facadas disse durante o velório da vítima que o menor já apresentava problemas. Emir Martins Mota, 46, foi morto com três facadas na quarta-feira (3) na Comunidade Riacho Doce, zona norte de Manaus.

Emir Martins Mota foi morto com três facadas zona norte de Manaus (Foto: Divulgação)

A chefe de cozinha Keila Mota, prima de Emir, informou que tinha poucas informações sobre a relação da vítima com o filho devido o pouco contato com o primo. Segundo ela, o adolescente era considerado pela família como um “filho problemático, que já teve depressão e tentou até cortar o pulso”.

Os familiares de Emir Martins estão realizando uma vaquinha online para arrecadarem dinheiro e conseguirem fazer o translado do corpo da vítima para o município de Parintins (a 369 quilômetros a leste de Manaus). As pessoas que puderem colaborar podem fazer a doação de qualquer valor por meio da chave Pix 98458783 – Reiciane Batista.

Relembre o crime
O adolescente de 14 anos matou o próprio pai a facadas na tarde desta quarta-feira (3). Segundo relatos de familiares, momentos antes do crime, o filho, revoltado, quebrou um aparelho celular sendo advertido pelo pai Emir Martins Mota. Nesse momento, o adolescente se armou de uma faca e tentou golpear Emir, mas foi desarmado pela mãe e um irmão, deixando a casa da família prometendo que voltaria para matar o pai.

Pouco tempo depois, o adolescente retornou à casa com outra faca e voltou a atacar Emir. Dessa vez mãe e o irmão não conseguiram intervir e o jovem desferiu três facadas contra o próprio pai.

O homem chegou a dar entrada no centro médico, mas não resistiu aos ferimentos e morreu pouco depois. O adolescente foi apreendido e caminhado para Delegacia Especializada em Apuração de Atos Infracionais (Deaai). Por ser menor de idade, o adolescente deve responder pelo ato infracional análogo a homicídio.

Fonte: D24am.

Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012