Connect with us

Brasil

Homem é agredido ao passar com carro exibindo Lula preso

Um apoiador do presidente Jair Bolsonaro (PL) foi agredido por militantes eleitores do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em São Gonçalo, no Rio de Janeiro, na manhã desta sexta-feira (9). O homem, que se identificou como Rodrigo Duarte, chegou a sair da confusão com a cabeça sangrando.

Enquanto um grupo aguardava a chegada de Lula para um evento com evangélicos no Clube Tamoio, Rodrigo passou com um carro todo adesivado contra o petista. Na janela lateral do veículo havia uma imagem de Lula vestido de presidiário atrás das grades. Na janela do motorista estava a figura de Bolsonaro sorridente no volante como se estivesse conduzindo o petista à prisão. Também havia uma bandeira do Brasil no capô.

Na parte de trás do veículo havia a mesma imagem de Lula como presidiário, em tamanho maior. Rodrigo passou com a velocidade reduzida, e os militantes entenderam como provocação, dando início à confusão.

De acordo com Rodrigo, seu carro foi parado a base de tapas. Ele saiu do veículo com um celular na mão, perguntando quem havia dado os tapas, quando um homem bateu em seu celular, acalorando mais a situação. Os militantes cercaram o homem e, quando o tumulto foi contido, ele saiu com a lateral direita do rosto sangrando e bradando que seu celular foi roubado.

Após a intervenção de um agente da polícia federal, Rodrigo foi embora, agradecendo ao policial. Não houve registro de ocorrência.

Advertisement

Leia Também

Copyright © 2021 Observatório Manaus - Desde 2012