mpeAlex Mendes

Antônio Rodriguez é investigado pelo MPE por superfaturar entrega de medicamentos para a Cema
A empresa A. R. Rodriguez, de Antônio Rodriguez, é investigada pelo MPC-AM (Ministério Público de Contas), MP-AM (Ministério Público do Amazonas) e MPF (Ministério Público Federal). O motivo é a entrega, realizada duas vezes, por parte da empresa para a Cema (Central de Medicamentos do Amazonas) em maio de 2017, mesmo ano em que recebeu R$ 3,2 milhões do governo sem licitação. A A. R. Rodriguez entregou para a Cema…
MPE quer que Raphael Souza seja levado a Júri Popular por homicídio em 2008
O Ministério Público do Amazonas (MPE), mais uma vez, se manifestou a favor de que o presidiário Raphael Wallace Souza seja levado a Júri Popular. Desde 2015, a defesa do filho do falecido deputado Wallace Souza tenta evita que ele seja julgado pela morte de Luiz João Macedo de Souza, o ‘Luiz Pulga’, assassinado em abril de 2008, na zona leste de Manaus. Além dele, outros dois homens são réus…
MP investiga ex-titular da Seas por suspeita de desvio de R$ 15 milhões
O Diário Oficial do Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) divulgou que o órgão está investigando a ex-titular da Secretaria de Estado da Assistência Social (Seas), Regina Nascimento, por improbidade administrativa. Ela não teria devolvido o saldo de dois convênios que ultrapassam R$ 15 milhões, em 2016. A investigação é atribuída à prestação de contas da Seas, na gestão de Regina, que foi considerada revel nos autos, por não…
MP-AM recomenda perda de mandato e 12 anos de prisão para Prefeito de Anori
O Ministério Público do Amazonas moveu um processo contra o atual prefeito de Anori (município distante 249 km de Manaus), Jamilson Ribeiro Carvalho, que responderá por crime de responsabilidade. Se condenado, a punição pode variar desde a perca do mandato como prefeito e detenção de 3 meses a 12 anos. O Processo foi acatado após denúncia de pagamento de mais de R$ 2 milhões em serviços de festa pela Prefeitura…
MP-AM recomenda perda de mandato e 12 anos de prisão para Prefeito de Anori
O Ministério Público do Amazonas moveu um processo contra o atual prefeito de Anori (município distante 249 km de Manaus), Jamilson Ribeiro Carvalho, que responderá por crime de responsabilidade. Se condenado, a punição pode variar desde a perca do mandato como prefeito e detenção de 3 meses a 12 anos. O Processo foi acatado após denúncia de pagamento de mais de R$ 2 milhões em serviços de festa pela Prefeitura…
Suposto desvio de dinheiro da saúde para beneficiar a Prodimagem pode levar Orestes Guimarães para a cadeia
O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) ajuizou uma ação de ressarcimento ao erário contra o ex-secretário de saúde de Manaus, Orestes Guimarães. O processo teve início em fevereiro deste ano e o julgamento acontece nos próximos dias. A ação indica dano milionário aos cofres públicos. O motivo da ação é que durante a gestão de Orestes, a pasta contratou a empresa Millenium Locadora Ltda para a locação de…
Ministério público move ação contra Orestes Guimarães por suposto enriquecimento ilícito
O Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) ajuizou uma ação de ressarcimento ao erário contra o ex-secretário de saúde de Manaus, Orestes Guimarães. O processo teve início em fevereiro deste ano e o julgamento acontece nos próximos dias. A ação indica dano milionário aos cofres públicos. Leia mais: Homem de confiança de Amazonino responde na justiça por desvio de dinheiro e enriquecimento ilícito O motivo da ação é que…
MPE vai investigar contrato de R$ 46 milhões para transporte na Seduc
As já famosas dispensas de licitação feitas por Luiz Castro no comando da Secretaria de Estado da Educação e Qualidade do Ensino (Seduc) continuam rendendo assunto. Desta vez, o Ministério Público do Estado do Amazonas (MPE-AM) vai investigar irregularidades na contratação de uma empresa de transporte escolar para a pasta no valor de R$ 46 milhões. A contratação da empresa foi justificada como Emergência – desculpa utilizada desde sempre pela…
Muro da casa de Amazonino é alvo de investigação do MPE
A construção de um muro está sendo alvo de investigação do Ministério Público do Estado (MPE-AM). A obra foi realizada na casa do ex-governador Amazonino Mendes e o inquérito vai apurar, sob o aspecto ambiental, se houve improbidade administrativa. Conforme o órgão, o muro foi construído em uma área de preservação permanente, localizada no bairro Tarumã, Zona Oeste. A construção foi feita pela empresa MCW Construções, Comércio e Terraplanagem.
Esquema de propina envolvendo “braço direito” de Wilson Lima será denunciado no MP e no MPF
O clima é de tensão nos bastidores do governo Wilson Lima. Prova disso, é que os ministérios públicos do Amazonas e Federal (MP-AM e MPF) receberão denúncias de suspeitas de cobrança de propina a partir de R$ 2 milhões em duas das mais importantes pastas, as secretarias de Saúde e de Educação (Susam e Seduc). A denúncia será feita pelo deputado estadual Wilker Barreto (PHS) que também já protocolizou requerimento…